RSS Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


NOTÍCIAS

  04/08/2017 

Fiscos irão debater sobre simplificação e integração tributária

Acontece em Brasília na próxima segunda-feira (07), o I Fórum de Simplificação e Integração Tributária. O evento, promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Receita Federal do Brasil, irá apresentar iniciativas de integração entre administrações tributárias dos níveis municipal, estadual e federal, que ampliam a eficiência da gestão tributária e garantem a simplificação de obrigações aos contribuintes.

Na ocasião, o vice-presidente da Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais (Abrasf) e secretário municipal da Fazenda de São Paulo (SP), Caio Megale; a secretária municipal da Fazenda do Rio de Janeiro (RJ), Maria Eduarda Gouvêa Berto; o secretário de Fazenda do Distrito Federal (DF), Wilson José de Paula; e o secretário municipal de Finanças de Belo Horizonte (MG), Fuad Noman, participarão do painel que tratará da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e).

Saiba mais sobre cada painel:

Painel 1: Nova Fase do Sistema Público de Escrituração Digital - SPED

O Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), instituído em janeiro de 2007, unifica a forma de prestação e armazenamento das informações de interesse fiscal na relação entre o Fisco, entidades reguladoras, empresas e sociedade. Com o Sped, a Receita Federal tem, gradualmente, eliminado redundâncias em obrigações instrumentais e simplificado o pagamento de tributos.

Na primeira fase, o sistema foi bem-sucedido na coleta unificada de informações. Na nova fase, serão implementadas ações com o objetivo de eliminar obrigações redundantes e custo de cumprimento das normas.

Painel 2: Simplificação de Obrigações Tributárias Acessórias

A partir das informações coletadas no Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), as administrações tributárias firmaram um compromisso de desenvolver funcionalidades de integração, com o objetivo de substituir as declarações e os formulários estaduais do ICMS pelos modelos do Sped.

A simplificação do cumprimento das obrigações tributárias visa à desburocratização, a redução da quantidade de informações exigidas e as horas gastas, além do aumento da eficiência das empresas brasileiras.

Painel 3: Nota Fiscal de Serviços Eletrônica

A simplificação na emissão da Nota Fiscal de Serviço (NFSe) tem como objetivo criar um padrão nacional para redução dos custos das empresas, aumento da segurança para armazenamento e manuseio dos documentos e ampliação de agilidade na gestão tributária, inclusive na análise de restituição de créditos tributários.

Painel 4: Portal Único do Comércio Exterior – Pagamento Centralizado e Despacho sobre Águas

O Portal Único de Comércio exterior é uma plataforma que racionaliza o trabalho dos órgãos atuantes no comércio exterior. Funciona como o único ponto de entrada para encaminhamento de documentos ou dados exigidos para importação, exportação ou trânsito de bens.

O despacho sobre águas e o pagamento centralizado são dois dos projetos que integram o Portal Único. O objetivo é agilizar o trânsito das cargas por alfândegas, resultando na queda de 38% do tempo para exportar e 41% do tempo para importar, além da redução dos custos de operação, em média, de 0,8% do valor da mercadoria, a cada dia a menos para sua chegada.

Fonte: Com informações da CNI
Última atualização: 04/08/2017 às 15:18:57
 
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha

Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

SHN Quadra 01 - Bloco F - Edifício Vision - Sala 502
CEP 70701-060 - Brasília-DF  |  Fone: (61) 3223-1512 |  abrasf@abrasf.org.br 

www.igenio.com.br